<$BlogRSDUrl$>

Friday, February 13, 2004

PERSEU - Parte IV 

4ª Parte - Perseu e as Hespérides

Ao chegar á ilha Perseu pousou num belo jardim onde três raparigas jovens e belas brincavam e riam. Ao vê-lo chegar correram para ele rindo e abraçaram-o e beijaram-o. "O nosso amigo Hermes chegou!" diziam. "Porque trazes esse grande escudo Hermes?" perguntaram. Perseu logo lhes disse que não era Hermes mas que o deus lhe tinha emprestado a sua espada e as suas sandálias aladas. As raparigas afastaram-se e uma delas apresentou-se. "Somos as Hespérides, filhas de Hesperus, o deus da Estrela Matinal. Eu sou Aegle, e estas as minhas irmãs Eritheia e Hesperia. Os deuses Hermes e Dionisius visitam-nos muitas vezes aqui nesta ilha."

Perseu explicou-lhes que Hermes e Atena o tinham enviado para matar a Górgona Medusa, e que buscava a sua ilha. As Ninfas disseram que desconheciam a localização da ilha das Górgonas, mas que o levariam ao gigante Atlas, que carrega o peso dos céus, e ele lhe diria o caminho. Depois Perseu descansou e pensou numa maneira de matar a Górgona sem olhar nos seus olhos mortais. Ao observar Hesperia a mirar-se no escudo de Atena teve a ideia de atacar a Górgona olhando não directamente para ela, mas para o seu reflexo no escudo. As Ninfas aplaudiram a ideia mas disseram que seria muito difícil escapar ás duas irmãs imortais de Medusa. Hesperia disse que iria aos Infernos onde reinava a sua senhora, a rainha Perséfone e traria o Elmo de Hades, que concede invisibilidade a quem o usar. Assim Perseu poderia iludir as Górgonas Steno e Euríale.

Perseu passou a noite na ilha, e na manhã seguinte, enquanto Hesperia ia ao reino de Hades, dirigiu-se com Aegle e Eritheia á montanha onde Atlas segurava o peso dos céus. Aí Atlas disse-lhe que o ajudaria se, em troca Perseu lhe mostrasse a cabeça da Medusa e o transformasse em pedra, pois carregar o peso dos céus era para ele uma tortura. Perseu teve pena do gigante e concordou. Atlas indicou-lhe o rumo de nordeste. Regressando á ilha, recebeu de Hesperia o elmo de Hades que o tornou invisível para espanto das ninfas. Preparado para partir Perseu agradeçeu a ajuda das ninfas e despediram-se com algumas lágrimas. E assim partiu para a ilha das Górgonas.



As Hespérides
(continua)

This page is powered by Blogger. Isn't yours?