<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, March 30, 2004

René Fonck - O maior ás de França 

Rene Paul Fonck nasceu a 27 de Março de 1894 na região da Alsácia. No início da Primeira Grande Guerra em 1914 tornou-se sapador do exército mas em 1915 conseguiu a transferência para a aviação onde se tornou piloto dos primitivos mas eficazes bombardeiros de 2 lugares Caudron.

Durante o resto de 1915 e todo o ano de 1916 Fock voou em missões regulares nos Caudron, tornando-se um dos mais experientes e valorosos pilotos de observação franceses. Em Março de 1917 conseguiu mesmo abater um dos novos caças Albatros alemães pela sua segunda vitória, facto que lhe valeu a transferência para a unidade de elite da aviação francesa de caça, o grupo "Les Cigognes".

Tendo como companheiros os maiores ases de França como Guynemer, Deullin, Nungesser, Heurtaux, Dorme, e Pinsard, Fonck voltava de novo a ser um novato e a tentar chegar ao nível dos seus líderes. O seu espírito agressivo e a sua incrível pontaria no combate aérea concederam-lhe as suas primeiras vitórias e a glória que daí advinha. No final de 1917 Fonck tinha já perto de 20 vitórias e era já um dos principais ases franceses. Guynemer, Dorme e outros haviam já morrido.

Fonck, ao contrário de Richtofen, gostava de voar sozinho, atacando o inimigo de surpresa e fugindo antes que este pudesse contra-atacar. Deste modo, Fonck atacava formações muito numerosas sozinho e conseguia escapar com algumas vitórias. No entanto era bastante fanfarrão e os seus companheiros desprezavam-o. Quando voltava de muitos dos seus voos, e dizia que tinha abatido aviões inimigos, muitos não acreditavam nele.

No dia 9 de Maio de 1918, Fonck abateu 6 aviões inimigos, feito que voltou a repetir no dia 26 de Setembro desse ano. Obteve também o record de abater três aviões inimigos em apenas 15 segundos, no dia 14 de Agosto.

A 11 de Novembro de 1918, com o fim da guerra, Fonck reclamava ter abatido 120 aviões inimigos, mas apenas 75 lhe foram confirmados. Mesmo assim foi o melhor ás dos aliados, e de França, e o segundo melhor da guerra, logo atrás de Richtofen.

Rene Fonck morreu em Paris de Junho de 1953.

">


This page is powered by Blogger. Isn't yours?