<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, April 27, 2004

Edward Mannock - 61 vitórias (o melhor britânico) 

Mannock nasceu em Aldershot, na Inglaterra em 1887. Quando a guerra começou, ele tinha 27 anos e trabalhava na Turquia numa companhia de telefones inglesa. Como a Turquia ficou em guerra com o Reino Unido, Mannock foi preso pelos Turcos e só conseguiu escapar por ter ficado seriamente doente, sendo repatriado em 1915.

Recuperando da doença, alistou-se no exército, no corpo de engenheiros. Alistou-se depois no Royal Flying Corps inglês onde foi aceite apesar de ser cego de um olho. O seu instrutor foi o já famoso ás inglês James McCudden, na Primavera de 1917. Mannock intergou em Abril a esqudrilha 40 do RFC, uma unidade de caça.

No início evitava o perigo sendo visto como cobarde pelos seus companheiros. No entanto após destruir um Balão de observação inimigo em Maio, as vitórias começaram a aparecer e em poucos meses tornou-se o mais bem sucedido piloto da esquadrilha. Mannock, ao contrário de muitos dos seus companheiros desenvolveu um ódio aos alemães, atacando-os com fúria, ao mesmo tempo protegendo os seus camaradas e sofrendo muito com as perdas.

Em Fevereiro de 1918 contando 16 vitórias, Mannock juntou-se à recém formada esquadrilha 74 onde pilotava o famoso caça SE5a. De Abril a Julho abateu perto de 40 aviões inimigos, defrontando muitas vezes os perigosos Circos Voadores alemães. Mannock foi depois posto no comando da esquadrilha 85, substituíndo William Bishop que fora retirado de serviço para não morrer em combate.

Mannock era reverenciado pelos seus homens e foi mesmo considerado o melhor líder de esquadrilha dos aliados. Foi apenas dois dias depois de ter assumido o comando da esquadrilha 85 que Mannock, no dia 26 de Julho de 1918, abateu a sua 61ª Vitória. O seu avião foi então atingido pelo fogo das antiaéreas inimigas e ficou em chamas despenhando-se nas linhas alemãs. Morreu assim em chamas depois de ter visto muitos inimigos caírem assim suas vítimas.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?