<$BlogRSDUrl$>

Monday, January 31, 2005

Paul Baumer (1896-1927) 

Baumer nasceu em 1896 em Duisburg na Alemanha. Antes da primeira grande guerra estudou para ser dentista, e aos 18 já tinha o certificado de piloto. Em 1915 esteve na infantaria mas depressa se transferiu para a força aérea.

Em 1917 tornou-se piloto de caça sendo colocado na Jasta 5. Aí destruiu 3 Balões de observação britanicos numa semana em Julho. Em Agosto foi transferido para a Jasta Boelcke, sob o comando de Erwin Bohme.
De Setembro até ao fim do ano aumentou o seu score para 18 vitórias. Depois de uma merecida licença, aumer voltou á Jasta Boelcke onde voando o Fokker Triplano obteve mais 4 vitórias, três delas no dia 23 de Março de 1918. No dia 29 de Maio Baumer testava um novo modelo de caça quando teve um acidente que o deixou gravemente ferido. No entanto o jovem piloto recuperou e conseguiu voltar á sua esquadrilha em inícios de Setembro.

Nessa altura os Aliados superavam os alemães grandemente em número nos céus, mas Baumer e os seus companheiros tinham o formidavel Fokker DVII. Durante o mês de Setembro,Baumer(mais conhecido como a Águia de Ferro)obteve 16 vitórias (quase tantas como as que obtivera até ali).

Num dos combates, a 21 de Setembro, Baumer interceptou uma formação de bombardeiros ingleses e abateu 3. O seu Fokker no entanto foi atingido e começou a arder. Baumer só tinha uma saída, saltar de páraquedas, algo ainda muito pouco seguro na altura. No entanto Baumer teve sorte e o páraquedas funcionou. Abateu
mais dois inimigos no dia 24, 3 no dia 27 e mais 3 nos dia 29.

Nos primeiros 9 dias de Outubro abateu mais 5 aviões inimigos, indo então de licença, tendo ganho a Orden pour le Mérite, a mais alta condecoração alemã. A guerra terminou quando Baumer estava de licença. O seu total de 43 vitórias colocou-o como 21º melhor ás da Primeira Grande Guerra.

Depois disso Baumer concluiu os estudos de dentista e exerceu a profissão, continuando no entanto a voar em exibições. Em 1927, num desses espectáculos, na Dinamarca, Baumer morreu quando o seu avião colidiu com uma ponte.



Leutnant Paul Baumer em 1918 com a sua Pour le Merite


Fokker DVII - o avião que Baumer usou para obter 20 das suas 43 vitórias em pouco mais de 1 mês




This page is powered by Blogger. Isn't yours?